O sonho possível através do Cuscuz

Proprietário do Tem Cuscuz conta um pouco sobre sua trajetória

Divulgação

Denilda Alves Santos, conhecida por todos como Deny, tem o orgulho de ser a proprietária de uma das casas mais conhecidas por vender pratos a partir do cuscuz, alimento tão característico do nordeste brasileiro e que normalmente, traz lembranças muito afetivas de infância e família.

A piauiense diz que a ideia de empreender com cuscuz veio a partir de um momento difícil de desemprego e que a ideia é sempre inovar e trazer novas combinações para o prato que pode ser consumido tanto salgado quanto doce. No restaurante Tem Cuscuz é possível encontrar: cuscuz com carne seca, com bacon, com calabresa, com frango, com picadinho, com costela, e claro, não poderia faltar os sabores de cuscuz doces.

ASSISTA 

A história do Tem Cuscuz se mistura com a história da própria Deny, que nasceu no Piauí, na cidade de Pedro II e cresceu no interior Poção, município de Milton Brandão, sendo filha de Antônio Lino, agricultor e Silvia Maria, professora e junto com seus dois irmãos Antônio e Gilson, consumia cuscuz todos os dias. “Sou casada com Erivonaldo, tenho dois filhos, Vinícius e Miguel e hoje estou concluindo o técnico em enfermagem, atualmente dedico praticamente todo o meu tempo ao Tem Cuscuz” comenta Deny. A empreendedora chegou em São Paulo no final de 2020, sempre batalhando muito por seus objetivos, trabalhou como manicure, cabeleireira, babá, faxineira e com a chegada da pandemia ficou desempregada e aí surgiu sua ideia.

O plano era vender cuscuz recheado para ajudar no orçamento de casa e também ter uma ocupação com algo que tanto gosta. No início a produção acontecia na cozinha de casa e no seu primeiro mês, vendeu apenas duas unidades de cuscuz, no outro já foi um pouco melhor e logo surgiu a necessidade de ter um espaço físico, um restaurante em que pudesse receber os clientes e amigos e assim surgiu o local que fica em Jardim Vaz de Lima, na zona sul de São Paulo.

Os campeões de venda no estabelecimento são a Barca de Cuscuz e o Arretado de Bom. Com orgulho, Deny lembra que nasceu comendo cuscuz e por ser nordestina, tem o hábito de comer esse alimento com frequência: “Além de ser um alimento que sacia a fome, é um alimento que toda família consegue comprar devido ao seu baixo custo. O tem cuscuz e um pouquinho da minha história, da minha infância tudo me representa, quis resgatar o que vivi no meu Nordeste, no Meu Piauí”, completa a empresária.

TEM CUSCUZ

Rua Ferreiropolis, 49 – Jardim Vaz de Lima (Zona Sul SP)

Horário de Funcionamento:

Segunda a quinta feira das 10:00 às 13:00 18:00 às 23:00

Sexta e sábado das 10:00 às 15:00 das 18:00 às 23:00

Instagram: https://www.instagram.com/tem_cuscuz/

Redação NordestinosPaulistanos 

Por Fernanda Barbosa – Jornalista