Ainda em dúvida sobre o cardápio da Ceia ou do almoço de Natal? Para agradar todos os gostos, incluindo restrições alimentares de glúten, lactose e açúcar, a healthy chef Dani Faria Lima ensina receitas deliciosas e fáceis de fazer.

Foto divulgação arroz-integral-cebola-caramelizada-nozes-damasco

Ser saudável é possível até nas festas de fim de ano, como ensina a healthy chef Dani Faria Lima

A tradição de reunir a família para a Ceia de Natal este ano pode estar diferente, mas agradar a todos os gostos com o cardápio continua sendo um desafio. Por isso a healthy chef Dani Faria Lima, especialista em culinária fit, separa algumas sugestões de pratos para quem procura opções saudáveis e para quem tem restrições de glúten, lactose ou açúcar.

“Gosto de ensinar os pratos que sejam possíveis de replicar em casa, no dia a dia e em festas. A comida traz memórias afetivas importantes, por isso precisa ter cor, sabor e ser feita com carinho”, comenta a Chef.

Do arroz à sobremesa, confira três receitas para variar o tradicional da Ceia.

Arroz integral com cebolas caramelizadas, nozes e damascos

Arroz:

  • 1 xícara de chá de arroz integral (deixado de molho por 6 horas)
  • 2 ½ xícara de chá de água quente
  • 2 dentes de alho socados
  • 2 colheres de sopa de azeite extra virgem
  • 1 colher de chá de sal rosa

Aqueça uma panela ao fogo médio, coloque o azeite e refogue o alho. Acrescente o arroz lavado e escorrido, sal rosa e misture até secar um pouco. Despeje a água quente e deixe ferver sem tampar. Quando começar a secar a água, abaixe o fogo e tampe a panela. Marque de 3 a 4 minutos. Misture o arroz e prove. O arroz integral é mais duro, se precisar coloque mais água até atingir o ponto ideal para você.

Cebolas caramelizadas:

  • 1 cebola fatiada em meia lua
  • 1 colher de chá de manteiga
  • 1 colher de chá de néctar de coco (ou mel, ou calda de tâmaras)

Aqueça uma frigideira com fogo baixo, coloque a manteiga, néctar de coco e as cebolas e deixe cozinhar até ficarem caramelizadas. As cebolas vão cozinhar lentamente até ficaram douradas sem fritar. Reserve.

Finalização:

  • 3 damascos secos cortados em cubinhos
  • ¼ de xícara de chá e nozes picadas levemente tostadas na frigideira

Em uma travessa de servir misture o arroz integral cozido com as cebolas, damascos e nozes.

Lombo suíno assado 

Foto Divulgação : lombo-suino-assado

Lombo:

  • 1 ½ kg de lombo suíno (receita para este tamanho
  • 1 colher de sopa de manteiga

Aqueça uma panela grande que caiba a peça inteira, espere esquentar bem e coloque a manteiga, em seguida o lombo. Deixe selar de um lado e vire para dourar do outro. Retire da panela, faça uns furos na carne na parte sem a capa de gordura e deixe voltado para cima em um refratário.

Marinada:

  • 2 rodelas de abacaxi
  • 1 cebola picada grosseiramente
  • 4 dentes de alho
  • 4 colheres de sopa de azeite extra virgem
  • 1 colher de sopa de néctar de coco (ou mel, maple syrup, calda de tâmaras)
  • Suco coado de 3 limões Taiti
  • 2 colheres de sopa de vinagre de maçã
  • 2 colheres de sopa de água
  • 1 colher de sopa de sal rosa
  • Pimenta do reino a gosto
  • 2 ramos de alecrim (não bater)
  • 2 folhas de louro (não bater)

Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto o alecrim e o louro. Despeje o molho em cima do lombo e espalhe o alecrim e as folhas de louro para perfumar. Passe papel filme e deixe marinando por 6 horas (ideal) dentro da geladeira. Quanto mais tempo marinando melhor, garante uma carne mais macia e temperada. O lombo é uma carne mais seca, tem menos gordura e absorve menos tempero.

Montagem:

  • Retire o lombo da marinada, coloque em uma assadeira, regue azeite, coloque metade da marinada com as folhas de louro e alecrim e cubra com papel dover com o lado brilhoso para dentro.
  • Caso você não tenha o papel dover abra uma exceção para o papel alumínio. Eu não recomendo o uso de papel alumínio, porém criar o abafamento vai ajudar a carne ficar mais macia. E usar o papel alumínio desta vez não vai te deixar menos saudável ok?
  • Leve para assar em forno pré-aquecido a 180 graus por 45 minutos.
  • Como saber se está assado?
  • Retire do forno com 30 minutos e fure a carne na lateral. Se sair um líquido rosado é por que a carne precisa assar mais alguns minutos. Se sair um líquido claro já está pronto. Seus olhos serão os melhores termômetros, então cuide. Se não sair líquido nenhum, assou demais.

Aproveite o restante da marinada:

  • Passe a marinada em uma peneira coloque o líquido em uma panela com uma colher de chá de farinha de aveia e misture até encorpar. Ajustes os temperos com sal, pimenta do reino se precisar.
  • Grelhe na frigideira com um pouco de manteiga 2 rodelas de abacaxi até ficar dourado dos dois lados, depois corte em triângulos e reserve para decorar.
  • Assado o perfil sirva em uma travessa com o molho encorpado por cima, decore com pedaços de abacaxi grelhados e folhas de hortelã.

Mousse de Maracujá 

Foto Divulgação: Mousse-maracuja

  • 1 xícara de chá de castanhas de caju cruas deixadas de molho por 6 horas (lavadas e escorridas)
  • 1 xícara de chá de suco de maracujá (em média 5 unidades)
  • ¼ de xícara de chá de suco de laranja coado
  • ¼ de leite de amêndoas ou (leite vegetal da sua preferência)
  • 2 colheres de sopa de néctar de coco ou (calda de tâmaras, mel)
  • 3 colheres de sopa de xylitol
  • 1 pitada de sal

Bata no liquidificador a polpa de 5 maracujás (não acrescente água), coe bem. Meça 1 xícara de chá deste concentrado. Depois bata com os demais ingredientes até formar um creme bem liso. Coloque em um refratário e leve para gelar por 2 horas. Só isso.

Para a calda:

  • 1 maracujá
  • 1 colher de chá de néctar de coco (ou calda de tâmaras, mel)

Coloque a polpa do maracujá junto com o néctar de coco e deixe apurar por alguns minutos. Desligue o fogo e espere esfriar. Espalhe sobre a mousse.

 

Por Mari Maellaro ( Máxima ) 

Edição: Leanderson Amorim ( NordestinosPaulistanos)