Em entrevista, Erasmo Carlos associa orgasmo e música com proximidade a Deus.

Cantor também falou sobre a fases ruins que o alcoolismo causou em sua carreira

Foto Divulgação Posdcast do Clemente Magalhães

O cantor e compositor Erasmo Carlos sentou de frente ao entrevistador Clemente Magalhães, do Podcast “Fala Clê”, para contar um pouco sobre sua vida e carreira aos espectadores do canal Corredor 2. O dono dos hits “Sentado à Beira do Caminho”, “Gatinha Manhosa”, “Mulher” e “Minha Superstar” falou sobre os altos e baixos da carreira, problemas com álcool e associou orgasmo a Deus.

Perguntado sobre a descoberta da música na vida dele, o artista contou que teve oportunidade de seguir caminhos perigosos e marginalizados, mas a música transformou a história dele e associou ela e o orgasmo a um caminho de proximidade com Deus. “Talvez música junto com o orgasmo sejam as duas coisas que mais fazem o ser humano se aproximar de Deus”, dispara o Erasmo.

Em outro momento da entrevista, quando Clemente cita um longo período que o cantor ficou sem lançamentos e já não frequentava as paradas de sucessos, o parceiro de composição de Roberto Carlos credita esta fase ao seu problema com álcool no passado. “A bebida foi prejudicial na minha vida, responsáveis por várias fases dessas … tive três épocas muito pesadas”, comenta Erasmo.

ASSISTA AQUI 

Redação NordestinosPaulistanos 

Por Luiz Gwyer – Assessoria de Imprensa