Coala Festival adia a sua oitava edição para setembro de 2022

Crédito: Fernando Schlaepfer

Em novembro do ano passado, o Coala Festival anunciou a sua oitava edição como aquela que será a maior da sua história. Por mais que essa promessa ainda esteja de pé (e a vontade do evento em fazer acontecer seja enorme), o reencontro com o público, no Memorial da América Latina, em São Paulo, precisará ser adiado para os dias 17 e 18 de setembro de 2022. As atrações que foram anunciadas até o momento seguem confirmadas. São elas: Maria Bethânia, Gal Costa (com participação de Tim Bernardes e Rubel), Alceu Valença e Black Alien. Outros shows entrarão para o line-up.

“Quando anunciamos a nossa oitava edição, ainda era possível sonhar com um cenário que nos permitiria soltar o grito contido e dar vazão ao nosso tão grande anseio por música ao vivo”, diz Gabriel Andrade, sócio-fundador e curador do Coala Festival. “A realidade provou o contrário. Acompanhamos de perto e com muita atenção a evolução do combate à pandemia e assim seguiremos. Sem dúvida que um hiato como esse merece um retorno à altura e temos certeza que a próxima edição do festival o fará com maestria”, complementa.

Mais de 90% dos ingressos para a oitava edição do Coala Festival já foram vendidos e eles seguem válidos para 2022. Quem quiser garantir os últimos tíquetes para o evento, a compra pode ser feita pelo Total Acesso, que é o canal oficial de vendas do Coala. Qualquer dúvida do público também deve ser tratada diretamente com a Total Acesso pelo SAC/chat do site (www.totalacesso.com).

Redação Nordestinos Paulistanos

Por Carol Pascoal – Trovoa Comunicação