“Ceviche de Coco Verde” é uma deliciosa sugestão refrescante da Costa do Cacau

Crédito: Txai Divulgação

A Costa do Cacau é o destino dos sonhos para quem quer escapar de grandes badalações e apreciar o mar. Itacaré, a uma hora de Ilhéus, é a mini capital desse pedaço privilegiado do litoral baiano. O município, na foz do Rio das Contas, guarda um casario bonito e um centrinho vibrante, cheio de bares e restaurantes.

Também é possível apreciar a gastronomia da região sem sair de casa. O Ceviche de Coco Verde é uma sugestão refrescante, ideal para ser saboreada em ocasiões especiais.

Crédito: Txai Divulgação

Confira a seguir o passo a passo:

Ingredientes:

  • 3 cocos verdes
  • 2 pimentas-de-cheiro
  • 1 cebola roxa pequena
  • 100 gramas de cebolinha
  • 50 gramas de coentro
  • 80 gramas de tomate-cereja
  • 2 limões e 1 laranja
  • 1 banana-da-terra verde
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

 

Modo de preparo

Retire a polpa dos cocos e corte-as em pedaços grandes. Cubra o coco com o suco dos limões e da laranja, tempere com sal e pimenta-do-reino. Acrescente finas lâminas da cebola, a cebolinha e o coentro picados e os tomates cortados em pedacinhos. Deixe marinar por 10 minutos. Sirva gelado dentro do próprio coco e aproveite.

Rendimento: 3 porções

 

Txai Vilas do Sul

Mais do que visitar essa região extraordinária do Sul da Bahia, melhor ainda é ter uma casa para desfrutar das belezas de Itacaré em todas as épocas do ano. O Txai Vilas do Sul, lançamento da Develop Brasil, traz essa possibilidade, somada a proposta de unir lazer e investimento, com toda a estrutura do Txai Resort.

O empreendimento oferece 10 bangalôs de 144 m2 e 39 lotes de 1300 a 13.000 m2 para residências. Os bangalôs possuem duas suítes e dois tipos de planta, uma voltada para a área social, com uma sala mais ampla, e outra que privilegia a área íntima, com a possibilidade de criar uma suíte maior.

Os bangalôs serão entregues equipados e decorados de acordo com o padrão do Txai Resort. As locações serão gerenciadas pela central de reservas do hotel. “Existe uma grande demanda de casamentos e celebrações no Txai, que as casas e bangalôs podem absorver”, diz Sirlene Aguiar, Gerente Comercial da Develop Brasil.

Nos lotes maiores, o proprietário pode escolher arquiteto, decorador etc. O Txai executa o projeto e administra a manutenção e as locações. O proprietário conta ainda com toda a infraestrutura e serviços do Txai, como se fosse hóspede. E ainda rentabiliza o investimento quando não estiver usando o imóvel.

Ou seja, o melhor dos mundos, com vista para o mar, charme e o apoio de um dos resorts mais sofisticados do sul da Bahia.

Por Stella Cardoso ( Visar ) 

Edição: Leanderson Amorim