‘Coração Alado’ é o novo single de Jabes Gilleade que promete embalar paixões neste inverno

Depois de lançar o álbum Nordestinidade, o multi-instrumentista, cantor, compositor e poeta  Jabes Gilleade traz uma nova aposta para este inverno: a canção Coração Alado.

A balada envolvente, que relata uma história de amor, foi produzida e gravada no Estúdio Music Shop e já tem data marcada para a estreia: 16 de julho.

Jabes Gilleade explica que seus trabalhos não possuem um gênero específico. Em 2020, ele aproveitou o período de isolamento para compor e lançar o Álbum Nordestinidade, onde manifesta suas sentimentalidades em relação ao Ceará (estado em que nasceu) e a valorização do nordestino.

Com um toque intimista, Jabes Gilleade, que atualmente mora em São Paulo, já compôs diversas canções ao longo de seus 20 anos de carreira. Recentemente, ele lançou dois sucessos: ‘Bem Querer’ e ‘Impossível Não Gostar de Você‘.

Um ponto marcante das canções de Gilleade é o amor. Elas versam sobre as diversas facetas da natureza humana, suas relações, conflitos e impressões.

Coração Alado é mais uma dessas canções que vem pra embalar as paixões e aquecer os corações dos ouvintes. A música estará disponível nas plataformas de streaming: Spotify, YouTube, Apple Music, Deezer, entre outras.

Ah, e você já pode fazer a pré save aqui  e garantir o primeiro lugar na estreia. E aí, vai perder? Eu não!

Confira a letra do hit:

‘CORAÇÃO ALADO’

Compositor: Jabes Gilleade

Olhando à estrada, vejo o sol iluminando à floresta

Enquanto a brisa passeia no meu rosto.

Voando na velocidade do meu pensamento

Quando lembro de você nos meus braços.

Andando sem sentido pelas estradas da vida

Procurando um conforto na minha motocicleta,

Como estou sozinho nessa estrada mal vivida

Somente pensando em ti, passo por ela.

Vou viajando no tempo

Procurando explicação

Para entender porquê  perdi

O teu amor.

Sei que a vida não é fácil

E que precisamos tomar uma decisão

Mas, por que você não escolheu

O meu coração?

Quem sabe outro dia; uma hora,

Depois, se eu voltar dessa viagem,

Eu possa contemplar mais uma vez

Nos teus belos olhos, a realidade.

E entender que teu coração é alado e selvagem

E que ninguém o doma.

Talvez, me ajude a aceitar essa situação

E continuar.

Redação: Leanderson Amorim – NordestinosPaulistanos

Por Ascom – Jabes Gilleade